Brasil

UFRJ quer que Unesco atue no plano de restauração do Museu Nacional

Dois especialistas enviados pela entidade da ONU estiveram no complexo para atuar na atividade de restauração dos acervos

[UFRJ quer que Unesco atue no plano de restauração do Museu Nacional]
Foto : Fernando Frazão/Agência Brasil

Por Marina Hortélio no dia 18 de Setembro de 2018 ⋅ 17:20

Após o incêndio que atingiu o Museu Nacional e destruiu 90% dos acervos, o reitor da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), Roberto Leher, defendeu hoje (18) que a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura participe da elaboração do projeto de reconstrução do Museu Nacional.

Na última quinta-feira (13), dois especialistas enviados pela Unesco estiveram no complexo. Inicialmente, eles atuarão na atividade de restauração dos acervos.

De acordo com o reitor, a empresa responsável pela cobertura da área total dos escombros do Museu Nacional já foi escolhida. Além da Unesco, a operação será acompanhada por engenheiros e especialistas de diversas áreas da UFRJ e pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).

Notícias relacionadas