Brasil

Museu Nacional estuda expor permanentemente acervo na Quinta

O diretor do museu, Alexander Kellner, explicou, no entanto, que ainda é preciso planejar como seria possível colocar a ideia em prática

[Museu Nacional estuda expor permanentemente acervo na Quinta]
Foto : Fernando Frazão/Agência Brasil/Agência Brasil

Por Alexandre Galvão no dia 24 de Setembro de 2018 ⋅ 06:37

Após movimentar centenas de pessoas no fim de semana em um festival na Quinta da Boa Vista, parque da zona norte do Rio de Janeiro, a direção do Museu Nacional estuda formas de criar uma exposição externa permanente no parque.

O complexo sofreu um incêndio trágico no último dia 2 e perdeu uma parte expressiva do acervo, que incluía peças históricas insubstituíveis e importantes objetos de pesquisa de diversas áreas de conhecimento.

O diretor do museu, Alexander Kellner, explicou, no entanto, que ainda é preciso planejar como seria possível colocar a ideia em prática. “A gente só não sabe ainda como fazer, porque isso vai requerer autorizações, um investimento maior. Mas a gente quer algo assim: 'venha à Quinta e veja o Museu Nacional todos os dias'. Estamos em discussão. É tudo muito recente”, declarou.

Antiga residência imperial, o palácio do Museu Nacional fica no centro da Quinta da Boa Vista, que é o antigo jardim da família e tornou-se uma área de lazer administrada pelo município do Rio de Janeiro.

Notícias relacionadas