Brasil

PF investiga crimes eleitorais em quatro estados

Batizada de Operação Olhos de Lince, ação se baseia em acompanhamentos feitos nas redes sociais

[PF investiga crimes eleitorais em quatro estados]
Foto : Tomaz Silva/Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues no dia 24 de Outubro de 2018 ⋅ 09:20

A Polícia Federal deflagrou hoje (24) uma operação para coibir crimes eleitorais. Com o nome de "Olhos de Lince", a ação apura delitos como os de violação do sigilo do voto e incitação ao homicídio, e tem como base acompanhamentos feitos nas redes sociais.

Quatro mandados de busca e apreensão são cumpridos nos municípios de São Paulo, Sorocaba (SP), Uberlândia (MG) e Caxias do Sul (RS). Além disso, foram expedidos cinco Termos Circunstanciados de Ocorrência (registros de infração de menor potencial ofensivo), com a intimação de investigados em Juiz de Fora (MG), Varginha (MG), Recife (PE) e Caxias do Sul (RS).

As ações têm o objetivo de identificar e evitar possíveis crimes eleitorais e ameaças aos candidatos que concorrem ao pleito de 2018. Para chegar aos suspeitos, a PF partiu de publicações feitas nas redes sociais e usou técnicas de reconhecimento facial.

Notícias relacionadas