Brasil

Nova cirurgia de Bolsonaro é menos arriscada que anteriores, diz cirurgião

Procedimento está previsto para o dia 12 de dezembro deste ano

[Nova cirurgia de Bolsonaro é menos arriscada que anteriores, diz cirurgião]
Foto : Valter Campanato/Agência Brasil

Por Lara Ferreira no dia 03 de Novembro de 2018 ⋅ 13:00

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) vai passar por nova cirurgia prevista para o dia 12 de dezembro deste ano. O procedimento será para fechamento da colostomia e é menos arriscada que os anteriores. De acordo com a Folha, a informação é do cirurgião que acompanha o caso, Antonio Luiz Macedo.

De acordo com Macedo, os riscos envolvidos são apenas os inerentes a qualquer cirurgia. "Mas são muito menores do que quando o operei em 12 de setembro, com uma peritonite grave, com grande contaminação, com fístula e obstrução intestinal. Agora os riscos são menores, mas sempre existem riscos em qualquer tipo de cirurgia", explicou.

O fechamento da colostomia, também chamado de reconstrução do trânsito intestinal, consiste em abrir novamente o abdome e religar as alças do intestino grosso, com o propósito de que o trânsito intestinal volte ao normal e o paciente não precise usar a bolsa coletora de fezes.

Notícias relacionadas