Brasil

Forças Armadas manifestam interesse em discutir reajuste e reestruturação com Previdência

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, há diversos estudos à disposição da equipe econômica do presidente eleito Jair Bolsonaro

[Forças Armadas manifestam interesse em discutir reajuste e reestruturação com Previdência ]
Foto : Tomaz Silva / Agência Brasil

Por Daniel Brito no dia 09 de Novembro de 2018 ⋅ 20:30

As forças armadas disseram que desejam tratar sobre mudanças em seu sistema de aposentadoria, abordando enxugamento de efetivos racionalização reajustes salariais, segundo informou hoje (9) o jornal Folha de S. Paulo.

De acordo com a publicação, há diversos estudos à disposição da equipe econômica do presidente eleito Jair Bolsonaro que, inclusive, é oriundo do Exército. Um deles projeta um reajuste de 23% a partir do topo da hierarquia, subindo de R$ 26 mil para R$ 32 mil a remuneração de oficiais-generais de quatro estrelas.

Entretanto, o Exército informou que não há percentuais definidos nas propostas, que, ainda, dependerão de várias propostas específicas de cada carreira. Atualmente, as Forças Armadas têm cerca de 350 mil militares. Pensões e aposentadorias consomem 70% dos R$ 94 bilhões destinados às Forças neste ano.

 

 

Notícias relacionadas