Brasil

Justiça determina que seis deputados do RJ continuem presos

Parlamentar André Corrêa (foto) e outros cinco foram detidos durante a operação Furna da Onça

[Justiça determina que seis deputados do RJ continuem presos]
Foto : Tomaz Silva/Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues no dia 13 de Novembro de 2018 ⋅ 13:20

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) tornou preventiva a prisão temporária de seis deputados estaduais do Rio de Janeiro presos na última quinta (8), durante a Operação Furna da Onça. Desta forma, os parlamentares André Corrêa (DEM), Chiquinho da Mangueira (PSC), Luiz Martins (PDT), Marcos Abrahão (Avante), Marcos Vinícius 'Neskau' (PTB) e Coronel Jairo (Solidariedade) ficam detidos por tempo indeterminado.

A decisão, tomada a pedido do Ministério Público Federal (MPF), considerou que os deputados podem ter tentado ocultar provas às vésperas da deflagração da operação, que é um desdobramento da Lava Jato.

O único parlamentar que deverá ser solto hoje é o deputado Marcelo Simão (PP). No entendimento do desembargador Abel Gomes, relator da operação, não há evidências que apontem tentativas de ocultação de provas. No entanto, Simão deve entregar o passaporte à Justiça e não pode voltar à Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Notícias relacionadas

[Mega-Sena sorteia R$ 3 mi hoje]
Brasil

Mega-Sena sorteia R$ 3 mi hoje

Por Lara Curcino no dia 19 de Outubro de 2019 ⋅ 10:27 em Brasil

Concurso será às 20h; apostas podem ser feitas até 19h