Brasil

Ministério do Trabalho apura conduta irregular de assessor da equipe de Onyx Lorenzoni

Investigado trabalhou como assessor especial da pasta durante o governo Temer

[Ministério do Trabalho apura conduta irregular de assessor da equipe de Onyx Lorenzoni]
Foto : Fernando Frazão / Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues no dia 15 de Novembro de 2018 ⋅ 18:30

A Corregedoria do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) notificou ontem (14) o secretário executivo da Secretaria-Geral da Presidência e atual coordenador de assuntos jurídicos do gabinete de Transição, Pablo Tatim, sobre a abertura de um processo administrativo disciplinar para apurar suposta irregularidade cometida enquanto ele ocupava o cargo de assessor especial do Ministério do Trabalho. Tatim foi nomeado pelo ministro extraordinário Onyx Lorenzoni para a equipe de transição na última sexta (9).

O processo, aberto em 2017, investiga condutas irregulares ligadas ao pagamento de diárias e passagens a Tatim, além de uma "nomeação casada", em que o ex-assessor teria ido trabalhar no gabinete de um desembargador do Rio Grande do Norte em troca da nomeação da mulher do magistrado no Ministério do Trabalho. Tatim esteve na pasta durante o governo Temer, quando o ministro era Ronaldo Nogueira.

Após a notificação, Tatim tem direito à defesa prévia. Caso as investigações, feitas por um comitê do MTE, levem à comprovação da culpabilidade, o ex-assessor pode ser exonerado da equipe de transição. Por meio de nota, a assessoria de Tatim afirma que a ação é uma tentativa de desqualificá-lo.

Notícias relacionadas