Brasil

Médicos cubanos começam a deixar o Brasil em até dez dias, diz Embaixada

Informação foi dada durante reunião entre autoridades cubanas, membros da Organização Panamericana de Saúde e representantes do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde

[Médicos cubanos começam a deixar o Brasil em até dez dias, diz Embaixada]
Foto : Reprodução

Por Juliana Rodrigues no dia 15 de Novembro de 2018 ⋅ 19:00

Os mais de 8 mil profissionais cubanos integrantes do programa Mais Médicos começam a deixar o país dentro de dez dias, de acordo com informações dadas hoje (15) pela Embaixada de Cuba a um representante do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems). Ontem (14), o governo de Cuba anunciou a saída do programa após declarações do presidente eleito Jair Bolsonaro. Hoje, um grupo com 196 médicos desembarcou no país de origem.

As datas das partidas foram informadas pela Embaixada em uma reunião com o presidente do Conasems, Mauro Junqueira, e representantes da Organização Panamericana de Saúde (Opas), que é a intermediária do acordo. A ideia é que todos os profissionais deixem o Brasil até o final do ano.

Notícias relacionadas