Brasil

Prefeitura do RS convida médico cubano para ser secretário de saúde

Convite foi feito após o anúncio da saída de Cuba do programa Mais Médicos

[Prefeitura do RS convida médico cubano para ser secretário de saúde]
Foto : Divulgação

Por Juliana Rodrigues no dia 18 de Novembro de 2018 ⋅ 13:30

Após o anúncio da saída de Cuba do programa Mais Médicos, o prefeito de Chapada (RS), Carlos Alzenir Catto (PDT), convidou o único médico cubano do município para assumir a secretaria de Saúde. O convite a Richel Collazo Cruz foi feito na última quarta (14), motivado pela preocupação com a perda do profissional.

"Gostaríamos que ele continuasse no município, porque ele foi muito bem aceito pela comunidade. É um bom médico, nunca nos deixou na mão. Se entrar na nossa página no Facebook, vai ver os elogios. Claro que gostaríamos que ele continuasse médico aqui, mas se não dá...", declarou o prefeito, ao jornal Folha de S. Paulo. Collazo ainda não respondeu ao convite.

No começo de outubro, o município abriu um edital para contratar três médicos de saúde da família, em um regime de 40 horas semanais, com salário de R$ 11 mil, durante um ano. Embora a prefeitura tenha prorrogado o prazo de inscrições, não apareceram interessados. "Essa história de que há profissionais sobrando é de quem está nos grandes centros, na capital. Tem que sair da casinha e ver o que acontece nos municípios menores. Quem perde com essa saída de 8.000 médicos é o povo de baixa renda, nós estamos tentando segurar o nosso", disse.

O prefeito encaminhou um pedido à Câmara de Vereadores para modificar a lei orgânica do município, que prevê que apenas brasileiros podem assumir secretarias. Assim, caso Collazo aceite o convite, não terá problemas para atuar no cargo.

Notícias relacionadas