Brasil

Sobe número de mulheres que acusam João de Deus de abuso sexual 

As mulheres relatam terem sofrido abusos durante atendimentos espirituais

[Sobe número de mulheres que acusam João de Deus de abuso sexual ]
Foto : Cesar Itiberê/Fotos Publicas

Por Alexandre Galvão no dia 09 de Dezembro de 2018 ⋅ 14:00

Supsoto médium, João de Deus já soma 16 casos de abuso sexual, de acordo com o G1. Na última semana, um grupo de mulheres denunciou o homem que se apresenta como líder espiritual. 

 Ao Jornal Nacional, uma delas contou que tinha 15 anos quanto foi pela primeira vez à Casa Dom Inácio, em Abadiânia (GO). Já a TV Anhanguera mostrou o caso de uma ex-funcionária que também diz ter sido vítima do médium.

As mulheres relatam terem sofrido abusos sexuais de João de Deus durante atendimentos espirituais. Dez histórias foram reveladas no programa Conversa com Bial desta sexta-feira (7). Outras três foram publicadas pelo jornal O Globo.

"Não se trata de questionar os métodos de cura de João de Deus, muito menos a fé de milhares de pessoas que o procuram. Estamos apenas dando voz a mulheres que se sentiram abusadas sexualmente pelo médium", disse Pedro Bial durante o programa.

Apenas uma das mulheres ouvidas por Bial, Zahira Leeneke Maus, uma coreógrafa holandesa, aceitou se identificar. As outras, todas brasileiras, disseram que preferem não mostrar o rosto, por sentirem medo e vergonha.

Zahira fez recentemente uma denúncia pública no Facebook - quatro anos após a violência sexual relatada por ela. "Eu sei que tenho sido criticada: 'Por que você está vindo com a sua história, se ele está curando milhares de pessoas?' E essa é uma das razões do porquê eu não disse nada. Porque se fosse só eu, eu que engula, porque ele está curando milhares de pessoas, certo? Mas agora eu sei, ele está abusando de centenas de mulheres e meninas", afirmou Zahira, segundo o G1.

Notícias relacionadas

[Ano de 2020 terá nove feriados prolongados]
Brasil

Ano de 2020 terá nove feriados prolongados

Por Kamille Martinho no dia 15 de Novembro de 2019 ⋅ 13:40 em Brasil

Estão previstos no calendário nacional nove datas em que o dia de folga cai às segundas, terças, quintas ou sextas-feiras

[Brasil entrega presidência rotativa do Brics]
Brasil

Brasil entrega presidência rotativa do Brics

Por Kamille Martinho no dia 15 de Novembro de 2019 ⋅ 13:20 em Brasil

Bolsonaro ressaltou a importância da cooperação entre os cinco países e fez um balanço dos principais temas tratados durante o ano