Brasil

Mais Médicos: 106 vagas não foram preenchidas na primeira etapa

Levantamento do Ministério da Saúde aponta que lugares remanescentes se concentram na região Norte do país

[Mais Médicos: 106 vagas não foram preenchidas na primeira etapa]
Foto : Reprodução/Arquivo/Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues no dia 10 de Dezembro de 2018 ⋅ 13:20

O Ministério da Saúde informou hoje (10) que das 8.517 vagas disponibilizadas no edital da primeira etapa de seleção do Mais Médicos, 106 não foram ocupadas. Os lugares remanescentes estão distribuídos entre oito distritos indígenas e 19 municípios, todos concentrados na região Norte. Com 88 vagas não preenchidas, o Amazonas é o estado com mais lugares remanescentes.

De acordo com o levantamento final, não houve interessados em um distrito indígena (Dsei) — Médio Purus, no Amazonas — e nos municípios de Terra Santa, no Pará, e Castanheiras, em Rondônia.

A pasta publicou hoje o edital para a segunda etapa de seleção de profissionais para o programa. A partir de amanhã (11), médicos com CRM no Brasil ou formados no exterior poderão se candidatar mesmo sem revalidar o diploma.

Ainda segundo o Ministério da Saúde, dos 8.411 médicos que tiveram inscrição efetivada, pouco mais da metade (4.508) já haviam se apresentado nos municípios. O prazo para a apresentação vai até 14 de dezembro.

Notícias relacionadas