Brasil

Suspeitos da morte de Marielle e Anderson vão para audiência de custódia

Justiça deve decidir se mantém presos os dois acusados, além do comparsa em cuja casa foram encontrados 117 fuzis

[Suspeitos da morte de Marielle e Anderson vão para audiência de custódia]
Foto : Reprodução / TV Globo

Por Juliana Rodrigues no dia 14 de Março de 2019 ⋅ 12:40

Os dois suspeitos de envolvimento no assassinato da vereadora Marielle Franco e seu motorista Anderson Gomes deixaram a Divisão de Homicídios (DH) por volta das 12h desta quinta-feira (14), data que marca um ano do crime.

O policial reformado Ronnie Lessa e o ex-policial Élcio Vieira de Queiroz foram levados para Benfica, onde passarão por uma audiência de custódia, junto com o comparsa Alexandre Mota de Souza, em cuja casa havia 117 fuzis

A audiência de custódia dos três presos se deve ao flagrante das armas, que são de uso restrito. A polícia suspeita que Ronnie seja traficante de armas. De acordo com o Ministério Público do Rio de Janeiro, ele aparece em investigações sobre homicídios praticados sob o patrocínio da contravenção.

Notícias relacionadas