Quarta-feira, 23 de junho de 2021

Brasil

PF encontra provas de corrupção na delegacia do caso Marielle Franco

Ao menos dois delegados estariam na folha de pagamento do chamado "Escritório do Crime"

PF encontra provas de corrupção na delegacia do caso Marielle Franco

Foto: Renan Olaz/ CMRJ

Por: Juliana Almirante no dia 04 de abril de 2019 às 11:20

A Polícia Federal (PF) encontrou provas de que houve atos de corrupção praticados por integrantes da Delegacia de Homicídios da Capital (DH) do Rio de Janeiro, que é responsável pela investigação dos assassinatos da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes, há mais de um ano.

De acordo com reportagem do UOL, os atos de corrupção na delegacia impediram o esclarecimento da autoria de assassinatos que envolvem milicianos do "Escritório do Crime" e integrantes da máfia do jogo do bicho no RJ.

A informação foi confirmada por duas fontes ligadas ao inquérito da PF que investiga se houve obstrução à investigação sobre as mortes de Marielle e Anderson.

Ao menos dois delegados estariam na folha de pagamento do chamado "Escritório do Crime". A propina era paga na própria delegacia, localizada na Barra da Tijuca.

Depois da conclusão do Caso Marielle, a equipe da PF vai focar no desbaratamento da relação promíscua que une integrantes do crime organizado e agentes da segurança pública do estado. 

PF encontra provas de corrupção na delegacia do caso Marielle Franco - Metro 1