Brasil

Família Alcolumbre acumula R$ 1 milhão em multas ambientais no Ibama

O presidente do Senado disse que não é alvo de nenhuma autuação.

[Família Alcolumbre acumula R$ 1 milhão em multas ambientais no Ibama]
Foto : José Cruz/Agência Brasil

Por Kamille Martinho no dia 04 de Abril de 2019 ⋅ 17:00

Nos últimos dez anos, os Alcolumbres foram multados 13 vezes pelo Ibama, somando um valor total de infrações de R$ 994,5 mil, segundo apuração do Estado.

Das 13 multas, oito estão em nome de uma empresa da família, a Salomão Alcolumbre & Cia Ltda. Outras três estão em nome do primo do presidente do Senado, o empresário Salomão Alcolumbre Júnior, e outras duas em nome do tio de Davi, o empresário Pierre Alcolumbre. Pierre foi o único que quitou suas duas multas, uma de R$ 5 mil e outra de R$ 13.500.

Em janeiro deste ano, o primo do presidente do Senado, Davi Alcolumbre, o empresário Salomão Alcolumbre Júnior, foi alvo de duas multas do Ibama, resultado de infrações ambientais cometidas em terras no Amapá.

Questionado sobre as multas ambientais aplicadas pelo Ibama, o presidente do Senado disse que não é alvo de nenhuma autuação. Por meio de sua assessoria, declarou que “tem mais de 50 primos no Amapá” e que não pode responder por eles.

Davi Alcolumbre disse que “acha positiva a fiscalização feita pelo Ibama e que o órgão deve punir qualquer um que infringir a lei”. O senador declarou ainda que não tem nenhum tipo de relação com os alvos das infrações e que desconhecia as multas aplicadas neste ano pelo órgão federal.

Notícias relacionadas