Brasil

Contardo Calligaris: 'Nós da cultura ocidental temos uma raiz de intolerância fortíssima'

Segundo ele, apesar de a intolerância ser causada por fatores históricos, a exemplo da imigração, o cristianismo também tem um papel na construção do problema

[Contardo Calligaris: 'Nós da cultura ocidental temos uma raiz de intolerância fortíssima']
Foto : Dagmar Serpa

Por Juliana Almirante no dia 11 de Abril de 2019 ⋅ 08:53

O escritor e colunista Contardo Calligaris fez uma reflexão sobre a origem da intolerância na cultura ocidental, em entrevista à Rádio Metrópole, nesta quinta-feira (11). 

Segundo ele, apesar de a intolerância ser causada por fatores históricos, a exemplo da imigração, o cristianismo também tem um papel na construção do problema. 
 
"Nós da cultura ocidental temos uma raiz de intolerância fortíssima. O cristianismo é uma religião extremamente intolerante. Temos dois mil anos de intolerância radical, depois estranhamos os muçulmanos, que são tão intolerantes quanto a gente. Eles começaram depois do cristianismo, desse ponto de vista, a intorelância é absolutamente a mesma", pontuou.

O escritor avalia que o discurso da morte de Jesus Cristo como sacrifício para salvar os outros faz com que os cristãos também busquem salvar os outros por meio do convencimento a aderir a religião.

"É obvio que a consequência é que vamos querer fazer a mesma coisa. Vamos querer salvar todo mundo. Temos que salvar os outros. E salvar os outros é levar a acreditar na mesma coisa que a gente. E isso é um problema tremendo na nossa cultura", avaliou. 

Notícias relacionadas