Brasil

Desigualdade de renda sobe pelo 17º trimestre seguido e atinge recorde

Índice atingiu o maior patamar em pelo menos sete anos, segundo a Fundação Getúlio Vargas

[Desigualdade de renda sobe pelo 17º trimestre seguido e atinge recorde]
Foto : Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Maio de 2019 ⋅ 09:40

A desigualdade da renda dos trabalhadores continuou crescendo nos primeiros meses de 2019 e atingiu seu maior nível em pelo menos sete anos, segundo levantamento do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV) divulgado hoje (20) pelo jornal Valor Econômico.

O índice de Gini do rendimento domiciliar per capita do trabalho, que mede a desigualdade em uma escala de zero a um, sendo zero a igualdade perfeita, subiu de 0,625 no quarto trimestre do ano passado para 0,627 no primeiro trimestre deste ano. Foi o décimo sétimo aumento trimestral seguido do indicador.

Os cálculos se baseiam nos microdados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, do IBGE, divulgada na semana passada.

Notícias relacionadas