Brasil

Deslocamento de talude de barragem da Vale em Barão de Cocais chega a 18 cm em alguns pontos, diz ANM

Nos outros pontos, movimentação média é de 14,1 cm por dia. Segundo agência, expectativa é que paredão se rompa neste fim de semana.

[Deslocamento de talude de barragem da Vale em Barão de Cocais chega a 18 cm em alguns pontos, diz ANM]
Foto : Reprodução/Globocop

Por Aline Reis no dia 25 de Maio de 2019 ⋅ 13:20

A Agência Nacional de Mineração (ANM) informou que a movimentação do talude que pode se romper a qualquer momento em uma mina da Vale, em Barão de Cocais (MG), chegou a 18 cm, neste sábado (25), em alguns pontos isolados da estrutura. Na porção inferior do talude norte, a movimentação média é de 14,1 cm por dia, segundo o último boletim da ANM.

Na quinta-feira (23), a movimentação era de 16 cm por dia no ponto mais crítico. Esse talude é um paredão que fica acima da cava de mineração na Mina de Gongo Soco, que está cheia de água. A barragem Sul Superior está a 1,5 quilômetro desta cava.

O rompimento do talude pode causar uma reação em cadeia por abalos e desencadear o colapso da barragem. Outro cenário menos grave, mas também preocupante, é que a água da cava transborde e atinja rios da região da mina.

Um estudo apresentado pela Vale ao Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) com o pior cenário possível para o caso de a barragem Sul Superior se romper mostra provável “inundação generalizada de áreas rurais e urbanas” com mortes, especialmente no distrito de Socorro e nas cidades de Barão de Cocais, Santa Bárbara e São Gonçalo do Rio Abaixo.

A população de Barão de Cocais passou por dois treinamentos de simulação de situação de emergência, caso a barragem se rompa. 

Notícias relacionadas

[Mega-Sena sorteia R$ 3 mi hoje]
Brasil

Mega-Sena sorteia R$ 3 mi hoje

Por Lara Curcino no dia 19 de Outubro de 2019 ⋅ 10:27 em Brasil

Concurso será às 20h; apostas podem ser feitas até 19h