Brasil

Justiça rejeita proposta da Azul para venda de ativos da Avianca

Conforme decisão, Azul não tem legitimidade para invalidar o plano de recuperação aprovado anteriormente

[Justiça rejeita proposta da Azul para venda de ativos da Avianca]
Foto : Reprodução

Por Juliana Almirante no dia 29 de Maio de 2019 ⋅ 10:40

A Justiça rejeitou ontem (28) uma oferta da Azul para adquirir os ativos da Avianca Brasil por US$ 145 milhões.

O juiz Tiago Henriques Papaterra Limongi, da 1.ª Vara de Falência do Estado de São Paulo, afirmou em decisão que a Azul não tem legitimidade para invalidar o plano de recuperação aprovado anteriormente.

A proposta prevê o leilão de sete Unidades Produtivas Isoladas (UPIs) contendo os ativos da Avianca - que correspodem, basicamente, a autorizações de pouso e decolagem em aeroportos.

O plano de recuperação da companhia está travado, já que o leilão das UPIs foi suspenso, após questionamento de outros.

Notícias relacionadas