Brasil

Cartório improvisado na Paulista faz casamento coletivo antes da Parada LGBT

Quatro casais foram selecionados para participar do casamento coletivo

[Cartório improvisado na Paulista faz casamento coletivo antes da Parada LGBT]
Foto : Reprodução/Celso Tavares/G1

Por Kamille Martinho no dia 23 de Junho de 2019 ⋅ 16:30

Quatro casais foram selecionados para participar do casamento coletivo em um coworking na Avenida Paulista antes da parada LGBT que acontece hoje (23) em São Paulo. Após a cerimônia, eles seguirão para a festa em cima de um trio elétrico na 23ª edição da Parada LGBT.

“A gente sempre pensou em fazer uma coisa grande. Não queríamos só assinar um papel, queríamos algo que fosse marcante. Mas nosso dinheiro estava curto. Quando disseram que nossa história havia sido selecionada para participar da Parada, ficamos em êxtase”, conta Melina do Nascimento, uma das escolhidas.

Segundo Melina, fazer um casamento coletivo em um evento tão grande como a Parada é importante para reafirmar que os casais homoafetivos são iguais a todos os outros.

A ação do casamento coletivo na Parada LGBT foi idealizada por duas startups, a Popspaces e The Next H, que selecionou os cinco casais através de inscrições pelo site. Um cartório itinerante foi montado em um escritório na Av. Paulista para a assinatura dos papéis e o “sim” também será dito em um dos 19 trios que fazem parte da programação do evento.

Notícias relacionadas