Brasil

'Confissões não são suficientes para condenar', diz Flordelis

A deputada federal usou as redes sociais para desabafar sobre o andamento das investigações sobre a morte de seu marido, o pastor Anderson do Carmo

['Confissões não são suficientes para condenar', diz Flordelis ]
Foto : Reprodução/Facebook

Por Kamille Martinho no dia 23 de Junho de 2019 ⋅ 18:00

A deputada federal Flordelis usou as redes sociais na noite de ontem (22) para desabafar sobre o andamento das investigações sobre a morte de seu marido, o pastor Anderson do Carmo, assassinado no dia 16 deste mês. Ela disse não acreditar na participação dos filhos no crime, e ainda alegou que "acusações não são suficientes para condenar".

De acordo com a polícia, Flávio dos Santos confessou ter dado seis tiros no padrasto. Flávio disse ainda que o irmão Lucas, de 18 anos, comprou a arma usada no dia do crime.

Na quinta-feira (20), a Justiça aceitou o pedido de prisão temporária de Lucas dos Santos e Flávio dos Santos Rodrigues pela morte de Anderson. Os dois eram apontados como os principais suspeitos e já tinham sido presos no início da semana por possuírem mandados de prisão por outros crimes.

"Tem gente que estranha eu não acreditar que dois filhos meus são os autores, porque eles confessaram. Eu não quero acreditar e o meu coração de mãe me dá direito à esperança. As confissões não são suficientes para condenar e quem assistiu a entrevista da delegada ouviu ela também dizer a mesma coisa", escreveu Flordelis na mensagem publicada em sua página no Facebook.

Notícias relacionadas