Brasil

Justiça aceita denúncia e seguranças que chicotearam jovem negro viram réus

Davi de Oliveira Fernandes e Valdir Bispo dos Santos são acusados de tortura, cárcere privado e divulgação de cenas de nudez

[Justiça aceita denúncia e seguranças que chicotearam jovem negro viram réus]
Foto : Reprodução/ Record TV

Por Juliana Rodrigues no dia 18 de Setembro de 2019 ⋅ 11:00

A Justiça aceitou a denúncia de tortura, cárcere privado e divulgação de cenas de nudez contra Davi de Oliveira Fernandes e Valdir Bispo dos Santos, ex-seguranças do supermercado Ricoy, na zona sul de São Paulo. Em agosto, eles chicotearam um adolescente negro flagrado tentando furtar uma barra de chocolate. O vídeo, no qual a vítima aparece completamente despida, foi divulgado nas redes sociais.

Na segunda (16), a Justiça de São Paulo havia pedido a prisão preventiva da dupla, que no mesmo dia foi denunciada pelo Ministério Público estadual. Fernandes e Santos já haviam sido indiciados pela Polícia Civil pelo crime de tortura.

Notícias relacionadas