Sábado, 27 de novembro de 2021

Brasil

Ex-judoca olímpico morre após desentendimento com colega da PM

Informações preliminares apontam que Mario Sabino Jr. teria sido morto por sargento, que se matou em seguida.

Ex-judoca olímpico morre após desentendimento com colega da PM

Foto: Reprodução / TV TEM

Por: Juliana Almirante no dia 26 de outubro de 2019 às 11:29

O ex-judoca olímpico e cabo da Polícia Militar Mario Sabino Jr. morreu na noite de ontem (25), em Bauru (SP), depois de desentendimento com um colega militar.

De acordo com o G1, informações preliminares apontam que Sabino teria sido morto pelo sargento Agnaldo Rodrigues (do Centro de Operações da Polícia Militar, Copom), que se matou em seguida.

Os corpos foram encontrados por uma viatura da PM. O local foi periciado pela Polícia Civil, que iniciou as investigações.

Nascido em Bauru, Sabino tinha 47 anos e competiu nas Olimpíadas de 2000 (Sydney, Austrália) e 2004 (Atenas, Grécia) na categoria meio-pesado.

Ele ainda foi medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2003 (Santo Domingo, na República Dominicana) e bronze do Mundial de Osaka (Japão), no mesmo ano.

Além de policial, Sabino era como assistente técnico da seleção feminina.

Ex-judoca olímpico morre após desentendimento com colega da PM - Metro 1