Brasil

Assessoria nega que Gugu Liberato tenha morrido: 'Informações inverídicas'

Familiares de Gugu desembarcaram na cidade americana por volta das 19h30 e irão conversar pessoalmente com a equipe médica

[Assessoria nega que Gugu Liberato tenha morrido: 'Informações inverídicas']
Foto : Reprodução/Rede Record

Por Matheus Simoni no dia 21 de Novembro de 2019 ⋅ 21:53

A assessoria de imprensa do apresentador Gugu Liberato negou que o âncora da Rede Record tenha morrido em decorrência de um acidente doméstico em Orlando, nos Estados Unidos. Em comunicado divulgado na noite de hoje (21), a porta-voz do apresentador afirmou que são inverídicas as informações que circulam sobre uma suposta morte do artista.

Familiares de Gugu desembarcaram na cidade americana por volta das 19h30 e irão conversar pessoalmente com a equipe médica. Ele tem 60 anos e tinha acabado de chegar de uma viagem para Cingapura. Ele sofreu um acidente após cair de uma altura de 4 metros dentro de casa. 

Confira o comunicado na íntegra:

Nesta quarta-feira, 20, o apresentador Gugu Liberato sofreu um acidente (uma queda) em sua casa em Orlando e encontra-se internado em observação.

Gugu está na Unidade de Terapia Intensiva e vivo, sendo acompanhado pela equipe médica local. As informações que circulam sobre uma suposta morte do apresentador são inverídicas. 

Os familiares de Gugu chegaram a Orlando por volta das 19h30  desta quinta-feira e irão conversar pessoalmente com a equipe médica.

De acordo com os procedimentos do hospital, somente amanhã, sexta-feira, um boletim médico será divulgado primeiramente à família. 

Assim como todos os familiares, amigos, fãs e profissionais de imprensa, estamos confiantes em sua recuperação e agradecemos as manifestação de apoio.

Voltaremos a informá-los. Contamos com a compreensão de todos.

Notícias relacionadas

[STJ manda soltar ex-governador Luiz Fernando Pezão]
Brasil

STJ manda soltar ex-governador Luiz Fernando Pezão

Por Kamille Martinho no dia 10 de Dezembro de 2019 ⋅ 18:20 em Brasil

Pezão foi preso em novembro do ano passado. Ele é réu na Operação Lava Jato no Rio de Janeiro, acusado de integrar esquema de corrupção