Brasil

Petrobras arrenda fábricas que estavam paralisadas no Nordeste

Expectativa é de que a ação gere novos empregos e atraia investimentos para os estados da Bahia e de Sergipe

[Petrobras arrenda fábricas que estavam paralisadas no Nordeste]
Foto : Tânia Rêgo/Agência Brasil

Por Danielle Campos no dia 22 de Novembro de 2019 ⋅ 20:30

A Petrobras arrendou na última quinta-feira (21) as fábricas de fertilizantes nitrogenados da Bahia e de Sergipe para a empresa Proquigel Química S.A, que terá o controle das unidades por um período de dez anos, renováveis por mais dez. Além disso, o arrendamento inclui os terminais marítimos de amônia e ureia no Porto de Aratu, na Bahia. O negócio envolve R$ 177 milhões.

Em nota, a diretora de Refino e Gás Natural da Petrobras, Anelise Lara, disse que, com o arrendamento das unidades, as fábricas de fertilizantes, que estavam paralisadas, poderão voltar a operar, gerando novos empregos e atraindo investimentos para os estados da Bahia e de Sergipe. "Nosso planejamento estratégico concentra investimentos na produção de óleo e gás no Brasil. Ao focarmos nas atividades principais da empresa, estamos também abrindo espaço para que novas empresas surjam e comecem a investir em novos segmentos", explicou Anelise.

A Proquigel é subsidiária da Unigel, uma das maiores indústrias petroquímicas do país, 100% brasileira, sendo atuante no Brasil e no exterior. Dentre as unidades arrendadas, a Fábrica da Bahia, trabalha com fertilizantes nitrogenados, com capacidade de produção total de ureia de 1.300 toneladas por dia. A unidade de Sergipe tem capacidade de produção total de ureia de 1.800 toneladas por dia.

Notícias relacionadas

[STJ manda soltar ex-governador Luiz Fernando Pezão]
Brasil

STJ manda soltar ex-governador Luiz Fernando Pezão

Por Kamille Martinho no dia 10 de Dezembro de 2019 ⋅ 18:20 em Brasil

Pezão foi preso em novembro do ano passado. Ele é réu na Operação Lava Jato no Rio de Janeiro, acusado de integrar esquema de corrupção