METROPOLE

Sexta-feira, 14 de maio de 2021

Brasil

Em diálogo, doleiro afirma que pagou propina a procurador da Lava Jato no PR

Conversas foram obtidas pela Polícia Federal no âmbito da operação Patrón, última fase da Lava Jato do Rio

Em diálogo, doleiro afirma que pagou propina a procurador da Lava Jato no PR

Foto: Reprodução

Por: Juliana Rodrigues no dia 30 de novembro de 2019 às 07:20

O doleiro Dario Messer afirmou, em diálogos com sua namorada, Myra Athayde, que pagou propinas mensais ao procurador da República Januário Paludo, integrante da força-tarefa da Lava Jato no Paraná. Os pagamentos teriam ligação com uma suposta proteção ao "doleiro dos doleiros" em investigações a respeito de suas atividades ilegais. A informação é do UOL.

As conversas ocorreram em agosto de 2018 e foram obtidas pela Polícia Federal do Rio de Janeiro no âmbito das investigações que basearam a operação Patrón, última fase da Lava Jato do Rio. Em outubro, a PF elaborou um relatório sobre o conteúdo das mensagens. No documento, o órgão diz que o assunto é grave e pede providências sobre o caso.

Procurada pelo UOL, a Lava Jato do Rio informou que o relatório já foi enviado à Procuradoria-Geral da República (PGR), que deverá definir as providências que serão tomadas. Já a força-tarefa de Curitiba afirma que Paludo preferiu não se manifestar.

Paludo é um dos procuradores mais antigos na Lava Jato. Por ser membro do MPF desde 1992, ele sempre foi tido como referência para os membros da força-tarefa.

TV METRO

Entrevistas

Alice Portugal

Em 14 de maio de 2021
ASSINE O CANALMETROPOLE NO YOUTUBE
Em diálogo, doleiro afirma que pagou propina a procurador da Lava Jato no PR - Metro 1