Brasil

Líder do governo no Congresso diz que pacote anticrime só será votado em 2020 no Senado

Senador Eduardo Gomes (MDB-TO) afirma que prioridade em 2019 é pauta orçamentária

[Líder do governo no Congresso diz que pacote anticrime só será votado em 2020 no Senado]
Foto : Jefferson Rudy/Agência Senado

Por Marcela Vilar no dia 05 de Dezembro de 2019 ⋅ 13:40

Líder do governo no Congresso, o senador Eduardo Gomes (MDB-TO), afirmou hoje (5) ao G1 que o pacote anticrime, aprovado ontem (4) na Câmara dos Deputados, só será votado no Senado em 2020. O motivo, segundo ele, é a prioridade da pauta orçamentária.

Gomes afirma ainda que não devem haver resistências para manter o texto como foi aprovado na Câmara. Já a senadora Simone Tebet (MDB-MS) teme que o projeto não seja aprovado no ano que vem devido às eleições municipais. Tebet defende que o pacote seja votado ainda este ano.

O pacote anticime foi apresentado no início deste ano pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro, e aprovado ontem (4), com ressalvas, pela Câmara dos Deputados.

Notícias relacionadas