Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil

Nordeste fica com apenas 3% dos novos benefícios do Bolsa Família

Cidades nordestinas concentram 36,8% das famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza na fila de espera do programa

[Nordeste fica com apenas 3% dos novos benefícios do Bolsa Família]
Foto : Jefferson Rudy/Agência Senado

Por Juliana Almirante no dia 05 de Março de 2020 ⋅ 08:23

As regiões Sul e Sudeste foram priorizadas na concessão de novos benefícios do Bolsa Família em janeiro, em detrimento da Região Nordeste, de acordo com reportagem do Estadão publicada hoje (5)>

As cidades nordestinas concentram 36,8% das famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza na fila de espera do programa. 

De acordo com dados fornedicos pelo Ministério da Cidadania ao Congresso e obtidos pelo site, o Nordeste recebeu 3% dos novos benefícios, enquanto Sul e Sudeste responderam por 75% das novas concessões.

A matéria revela que o número de novos benefícios concedidos em Santa Catarina foi o dobro do repassado à região nordestina inteira, cujos governadores são da oposição. Santa Catarina tem população oito vezes menor que a do Nordeste e é governada por Carlos Moisés, que é filiado PSL, sigla que o presidente Jair Bolsonaro deixou em novembro de 2019. 

Notícias relacionadas