Brasil

Ministro do STJ nega pedido de adiamento do Enem

Pedido foi feito pela União Nacional dos Estudantes (Une) e pela União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes)

[Ministro do STJ nega pedido de adiamento do Enem]
Foto : Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Por Luciana Freire no dia 13 de Maio de 2020 ⋅ 16:20

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Gurgel de Faria, negou o pedido da União Nacional dos Estudantes (Une) e da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) para adiar a data do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

As inscrições para o Enem 2020 começaram na segunda-feira (11). As provas presenciais ocorrerão em 1 e 8 de novembro. A prova virtual será aplicada nos dias 22 e 29 de novembro.

As entidades argumentaram que a suspensão de aulas em todos os estados do país pode aprofundar desigualdades e prejudicar os estudantes.

O ministro argumenta que o STJ não tem competência para julgar o mandado de segurança uma vez que ele diz respeito a atos do responsável pelo exame, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Notícias relacionadas