Brasil

Weintraub fica em silêncio ao depor para Polícia Federal

O objetivo foi esclarecer a manifestação de Weintraub na reunião ministerial de 22 de abril, onde defendeu a prisão de ministros do STF, chamados por ele de "vagabundos"

[Weintraub fica em silêncio ao depor para Polícia Federal]
Foto : Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Kamille Martinho no dia 29 de Maio de 2020 ⋅ 18:03

O ministro Abraham Weintraub se manteve em silêncio durante depoimento prestado à Polícia Federal na manhã de hoje (29), no Ministério da Educação. Segundo o G1, o ministro ignorou as perguntas feitas durante interrogatório que faz parte das investigações do "inquérito das fake news", aberto pelo Supremo Tribunal Federal.

A ordem para que Weintraub prestasse depoimento partiu do ministro Alexandre de Moraes, do STF, responsável pelo inquérito, que apura a disseminação de notícias falsas e ameaças aos ministros do tribunal.

O objetivo foi esclarecer a manifestação de Weintraub na reunião ministerial de 22 de abril, onde defendeu a prisão de ministros do STF, chamados por ele de "vagabundos".

Notícias relacionadas