Brasil

Operação contra empresa que fraudou venda de respiradores para Consórcio Nordeste prende três pessoas 

Ação foi liderada pela Polícia Civil da Bahia; 15 mandados de busca e apreensão também foram cumpridos

[Operação contra empresa que fraudou venda de respiradores para Consórcio Nordeste prende três pessoas ]
Foto : Divulgação

Por Lara Curcino no dia 01 de Junho de 2020 ⋅ 07:27

A Polícia Civil da Bahia cumpriu, na manhã de hoje (1º), três mandados de prisão e 15 de busca e apreensão em Salvador e outras três cidades contra quadrilha que fraudou venda de equipamentos hospitalares.

A Operação Ragnarok atuou também em São Paulo, Rio de Janeiro e no Distrito Federal. A ação ocorreu após denúncia do Consórcio Nordeste, que tentou comprar 300 respiradores com a empresa, que dizia ser revendedora dos produtos. 

As investigações apontaram que o grupo criminoso tentou negociar com vários setores no Brasil, entre eles os hospitais de Campanha e de Base do Exército, ambos em Brasília. Mais de 150 contas bancárias vinculadas à quadrilha foram bloqueadas pela Justiça.

Notícias relacionadas