Brasil

Sem acordo, federação marca greve nos Correios para 18 de agosto

Entidade que representa trabalhadores da categoria alega que empresa não está disposta a negociar e não cumpre medidas de segurança na pandemia

[Sem acordo, federação marca greve nos Correios para 18 de agosto]
Foto : Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues no dia 04 de Agosto de 2020 ⋅ 10:30

A Federação Nacional dos Trabalhadores dos Correios, Telégrafos e Similares (Fentect) divulgou uma nota na qual orienta os funcionários dos Correios a realizarem uma greve no dia 18 de agosto. A paralisação deverá ser confirmada em assembleia, um dia antes.

De acordo com a entidade, a empresa "não apresentou nenhuma contraproposta à pauta de negociações enviada pela categoria" e "não cumpre as medidas mínimas de segurança à saúde do trabalhador" em meio à pandemia de coronavírus.

A categoria reivindica o aumento salarial e a manutenção dos benefícios. Ainda segundo a Fentect, o número de infectados pela Covid-19 e mortos pela doença tem crescido dentro da categoria, "dados, aliás, que a empresa se nega a divulgar oficialmente", conforme o comunicado.

Na semana passada, os Correios informaram, em nota, que apresentaram uma proposta de acordo aos funcionários para evitar paralisações do serviço. A empresa ainda alega que o trabalho de readequação da realidade em meio à pandemia vem sendo feito em respeito à legislação e à CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). As medidas visam, ainda, a saúde e o equilíbrio financeiro da instituição.

Notícias relacionadas