Brasil

Pantanal: Força-tarefa investiga número de animais mortos após queimadas

As chamas já consumiram mais de 2,9 milhões de hectares do bioma

[Pantanal: Força-tarefa investiga número de animais mortos após queimadas]
Foto : Christine Strussmann/Arquivo Pessoal

Por Kamille Martinho no dia 18 de Setembro de 2020 ⋅ 07:20

Uma força-tarefa reuniu diferentes representantes de órgãos públicos do meio ambiente, universidades, organizações não-governamentais e voluntários para tentar descobrir a quantidade de animais mortos pelas queimadas no Pantanal, já consumiram mais de 2,9 milhões de hectares do bioma.

As coletas serão realizadas enquanto durarem os incêndios e os resultados serão publicados posteriormente em periódicos científicos. Há também o objetivo de informar o público geral.

Segundo o G1, os levantamentos são feitos ao longo de transectos (linha através de uma faixa de terreno), de até 1km, a partir dos quais as carcaças observadas são registradas via aplicativo, com data e coordenadas geográficas. A distância perpendicular de cada carcaça à linha de referência também é catalogada. Isso permite a modelagem para a estimativa da densidade de animais mortos. O trabalho precisa ser executado em até 72 horas depois da passagem do fogo, já que as ossadas podem desaparecer.

Notícias relacionadas