Brasil

Investigação da PF aponta que incêndios no Pantanal começaram em 4 fazendas de grande porte no MS

Suspeita é de que produtores rurais tenham colocado fogo na vegetação para transformar em área de pastagem

[Investigação da PF aponta que incêndios no Pantanal começaram em 4 fazendas de grande porte no MS]
Foto : Chico Ribeiro/Governo de Mato Grosso do Sul

Por Lara Curcino no dia 25 de Setembro de 2020 ⋅ 08:53

Uma investigação da Polícia Federal, iniciada em junho, aponta que os incêndios que já destruíram 25 mil hectares do Pantanal no Mato Grosso e Mato Grosso do Sul começaram em quatro fazendas de grande porte em Corumbá (MS). 

A suspeita é de que produtores rurais tenham colocado fogo na vegetação com o objetivo de transformar em área de pastagem. 

As fazendas apontadas pela PF como suspeitas de origem das chamas são: Califórnia, que pertence Hussein Ghandour Neto e tem 1.736 hectares; Campo Dania, cujos donos são Pery Miranda Filho e a mãe dele, Dania Tereza Sulzer Miranda, com 3.061,67 hectares; São Miguel, de Antônio Carlos Leite de Barros (33.833,32 hectares), além de Bonsucesso, de Ivanildo da Cunha Miranda (32.147,06 hectares).

Notícias relacionadas