Brasil

Covid-19: Manaus vive segunda onda e precisa de bloqueio total, diz Fiocruz

Vigilância Epidemiológica do estado confirma tendência de aumento de casos de Covid-19 devido, principalmente, a aglomerações e a realização de festas clandestinas

[Covid-19: Manaus vive segunda onda e precisa de bloqueio total, diz Fiocruz]
Foto : Bruno Kelli/Amazonia Real

Por Luciana Freire no dia 27 de Setembro de 2020 ⋅ 12:00

 

Pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) aponta que Manaus vive uma segunda onda de casos da Covid-19. O epidemiologista e autor do estudo, Jesem Orellana, propõe a adoção de lockdown para conter a circulação do vírus.

O Governo do Estado determinou, desde a última sexta (25), o fechamento de bares e casas noturnas após constatação de aumento de infecções.

Manaus tem 49.237 pessoas infectadas e 2.487 mortes pelo coronavírus desde o início da pandemia e começou a flexibilizar o isolamento social em junho. A capital foi a primeira a registrar colapso no sistema de saúde e funerário, entre abril e maio.

Segundo o governo, a Vigilância Epidemiológica do estado confirma tendência de aumento de casos de Covid-19 nas últimas semanas devido, principalmente, a aglomerações e a realização de festas clandestinas.

Notícias relacionadas