Brasil

Com pandemia, participação das mulheres no mercado de trabalho é a menor em 30 anos

Desde 1991, o número não caía abaixo dos 50%, e desde 1990 não atingia este patamar, de acordo com dados do IBGE

[Com pandemia, participação das mulheres no mercado de trabalho é a menor em 30 anos]
Foto : Marcello Casal/ Agência Brasil

Por Luciana Freire no dia 25 de Outubro de 2020 ⋅ 10:30

 

Em meio à pandemia, com empresas fechando postos de trabalho, a participação das mulheres no mercado de trabalho alcançou o patamar mais baixo dos últimos 30 anos. A participação feminina no mercado — indicador que considera mulheres com mais de 14 anos que trabalham ou estão procurando emprego na comparação com o universo total do gênero — ficou em 46,3% no segundo trimestre deste ano. Informação foi divulgada pelo Estadão.

Desde 1991, o número não caía abaixo dos 50%, e desde 1990 não atingia este patamar, quando ficou em 44,2%, de acordo com dados do IBGE.

Ainda segundo reportagem do jornal O Estado de S.Paulo, uma pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz durante a pandemia mostra que 26,4% das mulheres entrevistadas afirmaram que o trabalho doméstico aumentou muito, entre os homens o porcentual é de 13%. O levantamento indica ainda que as mulheres estão mais tristes e deprimidas (50%) que os homens (30%).

Notícias relacionadas