Brasil

Glenn Greenwald anuncia saída do 'The Intercept' e acusa site de censura

O jornalista diz que editores do site recusaram a postagem de uma coluna em que ele critica o democrata Joe Biden, candidato à presidência dos Estados Unidos

[Glenn Greenwald anuncia saída do 'The Intercept' e acusa site de censura]
Foto : Lia de Paula/Agência Senado

Por Luciana Freire no dia 29 de Outubro de 2020 ⋅ 19:30

O jornalista americano, Glenn Greenwald, anunciou na tarde de hoje sua saída do The Intercept, site que ajudou a fundar em 2013. Em texto divulgado pelo jornalista, ele justifica sua saída por conta de censura de editores do site, que recusaram a postagem de uma coluna em que o jornalista criticava o democrata Joe Biden, candidato à presidência dos Estados Unidos.

"A causa final (da saída) foi que os editores do The Intercept, violando meu direito contratual de liberdade editorial, censuraram um artigo que escrevi nesta semana, se recusando a publicar a não ser que eu removesse todas as partes em que o candidato democrata Joe Biden era criticado, já que todos os editores novaiorquinos do Intercept envolvidos nessa supressão apoiam veementemente o candidato", diz a nota.

"O artigo censurado, com base em e-mails revelados recentemente e depoimentos de testemunhas, levantou questões críticas sobre a conduta de Biden. Não contentes em simplesmente impedir a publicação deste artigo no meio de comunicação que eu co-fundei, esses editores da Intercept também exigiram que eu me abstivesse de exercer um direito contratual separado de publicar este artigo com qualquer outra publicação", completa Greenwald.

Notícias relacionadas

[Ex-governador de Sergipe morre aos 79 anos]
Brasil

Ex-governador de Sergipe morre aos 79 anos

Por Adele Robichez no dia 25 de Novembro de 2020 ⋅ 11:30 em Brasil

João Alves Filho estava internado em estado grave no Hospital Sírio Libanês, em Brasília, após sofrer parada cardíaca