Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Cidade

ACM Neto rebate críticas de Maia: 'Não houve traição do Democratas, nem adesão ao governo Bolsonaro'

Neto disse que "não houve traição da Executiva do Democratas, nem adesão ao governo Bolsonaro"

[ACM Neto rebate críticas de Maia: 'Não houve traição do Democratas, nem adesão ao governo Bolsonaro']
Foto : Sivanildo Fernandes/ObritoNews

Por Geovana Oliveira no dia 08 de Fevereiro de 2021 ⋅ 13:52

Após ser duramente criticado pelo ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ), em entrevista ao jornal Valor Econômico, o presidente do Democratas e ex-prefeito de Salvador, ACM Neto, rebateu as críticas do deputado e afirmou que elas são uma tentativa de transferir a responsabilidade dos erros que ele cometeu para a presidência do partido.  

Em nota, Neto disse que "não houve traição da Executiva do Democratas, nem adesão ao governo Bolsonaro", e atribui às atitudes de Maia "falta de grandeza" e "deslealdade".  

"Rodrigo, que tinha a fama de grande articulador, fracassou nessa empreitada. Essa é a realidade. 
Ao invés de escutar quem sempre esteve ao seu lado, e fazer com serenidade e honestidade o exercício da autocrítica, o deputado Rodrigo Maia se encastelou no poder conquistado e, agora, demonstra surpreendente descontrole", afirma. 

Na entrevista publicada hoje (8), Maia criticou ACM Neto por ter decidido não apoiar o seu candidato nas eleições pela presidência da Câmara, Baleia Rossi (MDB-SP). O pleito foi vencido pelo seu concorrente Arthur Lira (PP-AL), apoiado pelo presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido).

Notícias relacionadas