Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Quinta-feira, 16 de maio de 2024

Home

/

Notícias

/

Cidade

/

Nosso plano de imunização foi feito em cima de um número falho, diz Leo Prates

Cidade

Nosso plano de imunização foi feito em cima de um número falho, diz Leo Prates

Segundo o secretário de saúde de Salvador, esse é o motivo para o cronograma de imunização da capital baiana sofrer alterações

Nosso plano de imunização foi feito em cima de um número falho, diz Leo Prates

Foto: Reprodução/Youtube

Por: Kamille Martinho no dia 11 de fevereiro de 2021 às 12:31

O secretário de saúde de Salvador, Leo Prates, explicou na manhã de hoje (11) o motivo para o cronograma de imunização da capital baiana sofrer alterações. Em entrevista a Mário Kertész, durante o Jornal da Metrópole no Ar, da Rádio Metrópole, o secretário afirmou que o planejamento é feito com base em números falhos.

"Qualquer número no sistema de saúde de Salvador é um número falho. Todo nosso planejamento foi feito em cima disso, mas não é culpa de ninguém. Usamos como base o cadastro nacional de serviço de saúde, mas grande parte dos funcionários estava na informalidade", disse. "Eu tenho discutido com a vigilância sanitária como a gente pode trazer todos esses serviços pra formalidade".

Ainda segundo Leo Prates, "a ideia é primeiro preservar o sistema de saúde e depois desafogar o sistema. Então por isso priorizamos os trabalhadores de saúde - que são diferentes dos profissionais de saúde - e os idosos, que, em tese, são os que desenvolvem mais casos graves e ocupam mais leitos de UTI".