Domingo, 13 de junho de 2021

Cidade

Aumento de casos é 'sinal claro' de circulação de nova cepa do coronavírus, diz Bruno Reis

Prefeito de Salvador alerta para grave momento do sistema de saúde do município

Aumento de casos é 'sinal claro' de circulação de nova cepa do coronavírus, diz Bruno Reis

Foto: Betto Jr/Secom/PMS

Por: Matheus Simoni no dia 17 de fevereiro de 2021 às 10:46


O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), alertou para o aumento expressivo no número de casos de coronavírus na cidade nas últimas semanas e fez um novo apelo para que as pessoas obedeçam as medidas sanitárias. Em coletiva de imprensa hoje (17), o gestor declarou que a capital vive um momento crítico da doença. Ele ainda anunciou que três bairros entraram na lista de localidades com medidas de apoio e proteção à vida: Pernambués, Fazenda Grande do Retiro e Boca do Rio. Os três bairros se juntam a Pituba, Brotas, Itapuã, Sussuarana, Federação e Liberdade nas regiões que receberam higienização, distribuição de máscaras e realização de teste rápido.

"É uma primeira medida para chamar atenção da necessidade e do momento que estamos vivendo, o grave momento que estamos vivendo. E não descarto, até sexta-feira, a gente ter que anunciar medidas mais duras e necessárias em nossa cidade. Nessas últimas 24 horas, batemos recordes em Salvador de demandas por leitos de Covid. Foi um total de 97 solicitações. No auge da pandemia, na primeira onda, no dia em que nós tivemos uma demanda maior, foram 60 regulações. Ontem, regulamos 50 pacientes, e tem mais 34 aguardando neste momento, em espera", afirmou Bruno Reis.

O prefeito avaliou que, diante do aumento de casos, é claro o sinal de que está em circulação uma nova variante da doença em Salvador. "Os números de casos ativos vêm crescendo. Os números diários de óbitos vêm crescendo, o fator Rt está chegando próximo de 1, e nós já chegamos a 1.7, 1.9. A velocidade de aceleração está crescendo, mas os números epidemiológicos não justificam essa pressão tão grande nas UPAs e nos hospitais. Nós já tivemos na primeira onda números muito maiores, com uma pressão menor. O que é que isso quer dizer, gente, claramente? Podemos afirmar com 100% de certeza? Não. Mas é uma sinalização clara de que está circulando em nossa cidade uma cepa, uma variante muito mais  agressiva, onde as pessoas necessitam mais de leitos de UTI e de enfermaria, porque os sintomas são mais graves. Isso é fato", declarou.

"Se nós compararmos os números da primeira onda na proporção em que estava lá com o que está hoje, e formos para leitos de UTI, e aí não tem delay entre informações de números, não tem como se inventar números, isso é real, nas UPAs vocês vão constatar a pressão que elas estão sofrendo", disse o prefeito.

TV METRO

Entrevistas

Ana Cristina Batalha

Em 11 de junho de 2021
ASSINE O CANALMETROPOLE NO YOUTUBE
Aumento de casos é 'sinal claro' de circulação de nova cepa do coronavírus, diz Bruno Reis - Metro 1