Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Cidade

População deve descartar corretamente lixo contaminado por Covid-19, afirma Limpurb

Segundo engenheira sanitarista, é importante que cidadão separe resíduos com suspeita de contaminação por coronavírus e os coloque em dois sacos

[População deve descartar corretamente lixo contaminado por Covid-19, afirma Limpurb]
Foto : Jefferson Peixoto/Secom/PMS

Por Geovana Oliveira no dia 01 de Março de 2021 ⋅ 15:40

A Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) alerta que as pessoas infectadas com a Covid-19 e seus familiares precisam tomar alguns cuidados ao descartar o lixo para a coleta diária. 

Segundo a engenheira sanitarista e ambiental Cláudia Calafange, da Sotero, uma das concessionárias da Limpurb, é importante que o cidadão separe os resíduos com suspeita de contaminação por coronavírus e os coloque em dois sacos. O montante deve ser colocado no primeiro saco e, em seguida, borrifado com álcool 70% ou com uma solução de hipoclorito de sódio (água sanitária).

Depois, é preciso colocar o material de descarte em mais um saco e borrifar com as mesmas substâncias. Por fim, os resíduos devem estar bem fechados, evitando que o material seja exposto por ação da chuva ou de animais, e identificados com alguma etiqueta para o alerta dos agentes de limpeza e até mesmo de outras pessoas.

“É uma atitude muito importante, porque ajuda a combater essa proliferação rápida do vírus. À medida que eu tomo cuidado com o descarte adequado do resíduo contaminado, eu ajudo a conter a pandemia e a evitar que outras pessoas sejam infectadas, até mesmo aquelas de convívio próximo. Trata-se de uma preocupação realmente com o outro, não só com a gente. A forma como eu descarto vai ajudar muito no combate a essa transmissão do coronavírus”, afirma Cláudia.

Notícias relacionadas