Domingo, 28 de novembro de 2021

Cidade

'Salvador está pronta para pagar', afirma prefeito sobre negociação de vacinas contra Covid-19

Bruno Reis está articulando a compra de imunizantes junto com o consórcio público municipal ao mesmo tempo em que faz as negociações por conta própria

'Salvador está pronta para pagar', afirma prefeito sobre negociação de vacinas contra Covid-19

Foto: Valter Pontes / Secom

Por: Adele Robichez no dia 11 de março de 2021 às 11:00

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), revelou hoje (11), em uma transmissão ao vivo, que está negociando com laboratórios a compra de vacinas contra o coronavírus para a capital. De acordo com ele, a prefeitura separou os recursos para a aquisição e espera apenas o retorno das instituições.

"Ontem, após a sanção do presidente Jair Bolsonaro, do projeto de lei que permite que municípios comprem a vacina, eu retomei as conversas com os fornecedores sobre a aquisição das vacinas", informou.

O presidente Jair Bolsonaro sancionou ontem (10) o projeto de lei de autoria do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, que autoriza os estados, os municípios e o setor privado a comprarem vacinas contra a Covid-19 com registro ou autorização temporária de uso no Brasil. No mesmo dia, a Anvisa aprovou a resolução.

Segundo o gestor municipal, assim que algum laboratório retornar positivamente ao pedido, a compra já poderá ser efetuada. "Salvador está pronta para pagar, inclusive com recursos separados. Nós já tínhamos nos reunido com o Banco do Brasil, temos aprovadas as cartas de crédito para fazer essa aquisição", afirmou. As cartas de crédito permitem que o pagamento só seja efetuado após a chegada da vacina e a conferência. "Então não há o risco de pagar e não receber a vacina", explicou Bruno. 

O prefeito está articulando a compra de imunizantes contra a Covid-19 junto com o consórcio público municipal ao mesmo tempo em que faz as negociações por conta própria. "De um lado, Salvador, nesse consórcio, como a gente pode comprar uma quantidade maior, com segurança jurídica, poder de barganha maior; por outro lado, estou fazendo o esforço sozinho da cidade". 

Considerando essa medida, o prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), sancionou, na noite desta terça (9), a lei que permite a entrada de Salvador no consórcio público municipal para comprar vacinas contra a Covid-19, organizada pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP). A ideia da iniciativa é que a aquisição de grandes quantidades de imunizantes contra o coronavírus em laboratórios seja facilitada, permitindo que os municípios consigam acelerar o processo de vacinação.

'Salvador está pronta para pagar', afirma prefeito sobre negociação de vacinas contra Covid-19 - Metro 1