METROPOLE

Domingo, 09 de maio de 2021

Cidade

Diretor da Guarda lamenta morte de agente e fala sobre escalada da violência: “Sinal para todos que trabalham com segurança”

Marcos Cardoso estava à paisana quando foi assassinado na manhã de hoje em Campinas de Brotas

Diretor da Guarda lamenta morte de agente e fala sobre escalada da violência: “Sinal para todos que trabalham com segurança”

Foto: Divulgação/GCM

Por: Geovana Oliveira no dia 22 de abril de 2021 às 14:05

O diretor da Guarda Municipal de Salvador, Mauricio Lima, lamentou a morte do Guarda Civil Marcos Cardoso no começo da tarde desta quinta-feira (22). "É uma perda enorme. Perda de uma vida, de um jovem que compunha a Guarda Civil Municipal. Ficamos tristes com toda essa violência que a gente vem tendo", diz. 

Lima falou ainda sobre sensação de insegurança na capital baiana. De acordo com ele, além da morte de dois agentes de segurança em apenas uma semana, ocorrências como as explosões de caixas eletrônicos nos últimos dias demonstram a escalada da violência em Salvador. “É um sinal de alerta que precisa que todos que trabalham com a área de segurança pública estejam atentos”, diz. 

Desde 2008, quando foi criada a corporação, cinco guardas municipais foram mortos. Quatro enquanto estavam de folga e um que foi morto em serviço. Marcos Cardoso estava à paisana quando foi assassinado na manhã de hoje na Rua da Polêmica, em Campinas de Brotas. Ele passou a integrar a Guarda em 2009, um ano depois dela ser criada.

TV METRO

Entrevistas

Roberto Coelho

Em 07 de maio de 2021
ASSINE O CANALMETROPOLE NO YOUTUBE
Diretor da Guarda lamenta morte de agente e fala sobre escalada da violência: “Sinal para todos que trabalham com segurança” - Metro 1