Sexta-feira, 18 de junho de 2021

Cidade

Professores decidem não retornar às aulas e votarão greve na próxima assembleia

Próxima assembleia será no dia 17. Professores exigem duas doses da vacina para retornarem às salas de aula

Professores decidem não retornar às aulas e votarão greve na próxima assembleia

Foto: Betto Jr - Secom

Por: André Uzêda no dia 12 de maio de 2021 às 07:41

Os professores das escolas particulares decidiram na última terça-feira (12), em assembleia virtual, não voltarem às aulas. Foi também decidido que, na próxima segunda-feira (17), haverá uma nova reunião da categoria e, nesta, será votado o indicativo de greve.

Com a flexibilização do decreto do governo do estado, Salvador ficou entre as cidades com 75% de leitos ocupados que pode retornar o ensino fundamental e médio -- antes a prefeitura já havia autorizado o retorno do ensino infantil.

Os professores, no entanto, exigem o retorno apenas quando a categoria for completamente imunizada, o que inclui a aplicação das duas doses. Dependendo da primeira vacina aplicada, como por exemplo a AstraZeneca/Oxford, isso pode durar até três meses.
 

Professores decidem não retornar às aulas e votarão greve na próxima assembleia - Metro 1