Sexta-feira, 18 de junho de 2021

Cidade

Ministério da Saúde recomenda apenas vacinas em grávidas com comorbidades; Bahia acata

Somente vacinas da Pfizer e CoronaVac podem ser utilizadas

Ministério da Saúde recomenda apenas vacinas em grávidas com comorbidades; Bahia acata

Foto: NAPPY

Por: Adele Robichez no dia 12 de maio de 2021 às 09:18

O Ministério da Saúde recomendou que apenas grávidas e puérperas (mães de recém-nascidos) com comorbidades sigam sendo vacinadas contra o coronavírus. Além disso, a orientação é de que apenas os imunizantes da Pfizer e da CoronaVac sejam utilizados no grupo prioritário, conforme informou a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), nesta quarta-feira (12). A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) disse já está seguindo a nova determinação, somente com a Pfizer, já que a CoronaVac, em escassez no estado, está sendo reservada para segundas doses.

Segundo a assessoria da SMS, a suspensão parcial da imunização de gestantes e puérperas acontece enquanto a pasta federal investiga as possíveis reações adversas da aplicação das vacinas da Oxford/AstraZeneca. Os estudos e testes das vacinas contra a covid-19 ainda não foram realizados com as grávidas.

Na noite desta segunda-feira (10), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), indicou a suspensão da vacina da Oxford/AstraZeneca nas gestantes, após a confirmação de um caso de morte de uma grávida, por trombose, após receber o imunizante no Rio de Janeiro. A (Sesab) acatou imediatamente a recomendação.

Ministério da Saúde recomenda apenas vacinas em grávidas com comorbidades; Bahia acata - Metro 1