Quinta-feira, 16 de setembro de 2021

Cidade

Mário Kertész defende Fernando Guerreiro após vereador prometer ação na Justiça

O apresentador da Rádio Metrópole Mário Kertész criticou, em comentário nesta terça-feira (16), a decisão do procurador da Câmara Municipal, Arnando Lessa (PT), de interpelar o presidente da Fundação Gregório de Mattos, Fernando Guerreiro, na Justiça.[Leia mais...]

 Mário Kertész defende Fernando Guerreiro após vereador prometer ação na Justiça

Foto: Tácio Moreira/ Metropress

Por: Juliana Almirante no dia 16 de junho de 2015 às 07:45

O apresentador da Rádio Metrópole Mário Kertész criticou, em comentário nesta terça-feira (16), a decisão do procurador da Câmara Municipal, Arnando Lessa (PT), de interpelar o presidente da Fundação Gregório de Mattos, Fernando Guerreiro, na Justiça. Guerreiro afirmou em entrevista à Metrópole na semana passada, que os vereadores pediam R$10 mil por debaixo do pano quando iam solicitar apoio para projetos culturais. “A pessoa chega lá com o vereador debaixo do braço e diz: 'Fernando, me dê um negocinho aí'”, disse o presidente da FGM. No mesmo dia da entrevista, Guerreiro pediu desculpas pela declaração. “Foi atingida a honra da Casa e de todos os vereadores”, acusou Lessa, em entrevista ao A Tarde publicada nesta terça.

“Isso é um absurdo sobre qualquer aspecto que se pode imaginar. Primeiro a honra da Casa deveria ser explicada com a farra que vocês fazem com o dinheiro público. Fernando Guerreiro estava aqui ao meu lado quando deu essa entrevista. Ele não falou absolutamente em nome de ninguém e nem citou vereador de Salvador. (Lessa) Não tem o que fazer. Quer botar na Justiça só para aparecer. Quero saber se o presidente da Câmara Paulo Câmara vai endossar essa palhaçada”, defendeu Mário Kertész. O apresentador da Metrópole ainda disse que fica triste ver um vereador como Lessa, do PT, que enfrenta crise ética com a investigação do esquema do petrolão, ir à Justiça por conta da declaração de Guerreiro: “Ano que vem tem eleição. Bote sua barbinha de molho, você e sua honra”.

No comentário desta terça, o apresentador também defendeu o secretário de Educação de Salvador, Guilherme Bellintani, que em artigo no A Tarde, reclamou da falta de manutenção de escolas pelo arquiteto João Filgueiras Lima, o Lelé, na gestão do ex-prefeito Mário Kertész. As unidades serão demolidas e reconstruídas pela administração atual. “Deve ser com uma dor no coração dele, porque na minha nem se fala”, lamentou Mário.

 

 

Mário Kertész defende Fernando Guerreiro após vereador prometer ação na Justiça - Metro 1