Segunda-feira, 06 de dezembro de 2021

Cidade

Após reclamações, Salvador vai abrir cadastro de segunda dose para quem se vacinou em outros municípios

De acordo com Leo Prates, a intenção do novo cadastro, através do portal Hora Marcada, é acelerar a imunização no interior da Bahia

Após reclamações, Salvador vai abrir cadastro de segunda dose para quem se vacinou em outros municípios

Foto: Reprodução YouTube

Por: Geovana Oliveira no dia 15 de outubro de 2021 às 18:30

Salvador vai disponibilizar, a partir da próxima segunda-feira (18), mil vagas de vacinação na plataforma Hora Marcada para pessoas que tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid-19 no interior da Bahia ou em outros estados. A informação foi dada pelo secretário municipal da Saúde (SMS), Leo Prates, em entrevista à Rádio Metropole nesta sexta-feira (15).

Os soteropolitanos têm reclamado de não estarem conseguindo tomar as doses - dentre a segunda e a terceira - que têm direito, por terem iniciado o esquema vacinal em outro município. Na tarde desta sexta, o Metro1 mostrou a história de Zildete Barreto, 77 anos, que não consegue tomar a terceira dose porque iniciou o seu esquema vacinal em São Paulo. Zildete é de Salvador, mas estava na casa da filha, que mora em outro estado. 

De acordo com Prates, a intenção do novo cadastro, através do portal Hora Marcada, é acelerar a imunização no interior da Bahia, em uma parceria com a Secretaria Estadual da Saúde (Sesab). No entanto, vai funcionar também para quem iniciou a vacinação em outros estados. 

Até o momento, é necessário abrir um pedido na ouvidoria para realizar o cadastro na plataforma da Prefeitura de Salvador e completar a vacinação. "A gente tem falado com a ouvidoria diariamente e até agora a prefeitura não processou esse cadastro e não tem uma data para ela tomar essa vacina", se queixou Evie, filha de Zildete. 

O link da Hora Marcada, que estará disponível a partir de segunda, contudo, ainda não vai abranger a terceira dose. Segundo o secretário de Saúde, as mil doses de vacina liberadas pela Sesab serão destinadas às aplicações da segunda dose em Salvador. 

"Conseguimos graças a trabalho com a Sesab acelerar o processo e podemos dar a resposta ao cidadão", diz Prates. "Vai iniciar com a segunda dose porque nós não recebemos uma quantidade expressiva de terceira dose ainda do Ministério da Saúde", afirma.

Após reclamações, Salvador vai abrir cadastro de segunda dose para quem se vacinou em outros municípios - Metro 1