Quinta-feira, 09 de dezembro de 2021

Cidade

Usuários reclamam que plano de saúde diminuiu, sem avisar, área de cobertura em Salvador

No Reclame Aqui já são 56 queixas conta a empresa, sem nenhuma resposta

Usuários reclamam que plano de saúde diminuiu, sem avisar, área de cobertura em Salvador

Foto: Reprodução

Por: Maria Clara Andrade no dia 19 de outubro de 2021 às 10:17

Ao buscar por um plano de saúde, Rodrigo Brandão, 45, priorizou  o custo-benefício. Queria algo que coubesse no orçamento e com boa cobertura de atendimento. Brandão acabou escolhendo o Saúde Casseb, em que paga cerca de R$800 por mês e tem acesso a diversos hospitais de Salvador e Lauro de Freitas. Mas, de uns meses para cá, a segurança em ter um plano de saúde se tornou uma grande dor de cabeça. Vários hospitais credenciados passaram a não aceitar realizar consultas e atendimentos pelo plano por não estarem recebendo o repasse financeiro da empresa.

Rodrigo Brandão é apenas um dos clientes indignados. Na página Reclame Aqui, destinada a acolher queixas de diversos serviços privados, já são mais de 50 reclamações contra a empresa e nenhuma resposta. Algumas das queixas são de mulheres em pleno pré-natal e que não estão conseguindo atendimento. Há seis dias, uma mulher deixou o seguinte comentário  no site: "Estou precisando pra fazer meu pré-natal e e estar (sic) tudo suspenso. Tem dois anos eu pagando o plano em dia e agora quando preciso acontece isso."

Brandão ainda afirma ter denunciado o plano na Agência Nacional de Saúde Complementar (ANS), sem êxito. Recebeu como resposta que a denúncia só poderia ser efetuada se o plano tivesse descredenciado os hospitais de sua rede, mas eles estão apenas suspensos. Enquanto isso, precisou parar tratamentos psicológicos e precisa realizar grandes deslocamentos quando necessita de atendimento de urgência.

Procurada pelo Metro1, a assessoria do plano Saúde Casseb reconhece o problema e afirma que a situação está sendo normalizada. "A empresa diz que está em fase de transferência de carteira, que por conta dessa mudança administrativa houve alguns problemas com parte da rede credenciada. Mas afirma que todos os casos de dificuldades de atendimento estão sendo resolvidos e acompanhados pela equipe de assistência social da organização", diz trecho da nota. A Casseb ainda afirma que, nesta terça (19), três hospitais credenciados da rede estão sem oferecer atendimento, mas que a situação será normalizada durante os próximos dias.

"Os usuários que estiverem com alguma demanda de atendimento devem ligar para o número (71) 3512-0700 ou enviar mensagem para ouvidoria@saudecasseb.com.br. Para ter acesso à rede credenciada ativa pedimos acessar o site www.saudecasseb.com.br", afirmou a empresa.

 

Usuários reclamam que plano de saúde diminuiu, sem avisar, área de cobertura em Salvador - Metro 1