Sábado, 21 de maio de 2022

Cidade

Policiais da Coppa salvam tartaruga cabeçuda que ficou presa em rede de pesca

PMs realizavam patrulhamento na Baía de Todos os Santos, em operação conjunta com o Inema, e viram o animal preso

Policiais da Coppa salvam tartaruga cabeçuda que ficou presa em rede de pesca

Foto: Divulgação SSP

Por: Metro1 no dia 26 de janeiro de 2022 às 16:24

Atualizada 16h52

Equipes da Companhia de Polícia de Proteção Ambiental (Coppa) conseguiram salvar, em menos de dez minutos, uma tartaruga marinha da espécie ‘Cabeçuda’ que estava enroscada em uma rede de pesca colocada ilegalmente, nas águas da Baía de Todos os Santos, em Salvador. Ação aconteceu em parceria com o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). Confira o vídeo ao final desta matéria.
 
As equipes trabalhavam na ‘Operação Carapeba’ – ação conjunta entre a PM e a instituição ambiental responsável por fiscalizar os crimes contra a natureza, com foco no combate a pesca predatória – nas águas de Paripe, no Subúrbio Ferroviário, quando identificaram o animal marinho se debatendo e tentando sair da rede.
 
“Esse tipo de rede é colocada de forma irregular por pescadores, em sua maioria, durante a noite. Qualquer animal que passe por ali acaba preso”, contou o comandante da Coppa, major Amilton Souza Teixeira Júnior.

Mesmo com dificuldade de cortar a rede de espera, por conta da espessura dos fios, as equipes retiraram a tartaruga com vida da armadilha e ela retornou para o mar.

 

Policiais da Coppa salvam tartaruga cabeçuda que ficou presa em rede de pesca - Metro 1