Domingo, 03 de julho de 2022

Cidade

Viúva de dono da Pousada Paraíso Perdido tem prisão temporária mantida pela Justiça

A mulher foi detida por descumprir as medidas de prisão domiciliar

Viúva de dono da Pousada Paraíso Perdido tem prisão temporária mantida pela Justiça

Foto: Reprodução/Redes sociais

Por: Metro1 no dia 13 de maio de 2022 às 08:34

A Justiça decidiu manter a prisão temporária de Shirley da Silva Figueredo, viúva do empresário Leandro Troesch, encontrado morto em um dos quartos da Pousada Paraíso Perdido. Ela aguarda transferência na Delegacia de Repressão a Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca), onde aconteceu, nesta quinta-feira (12), a audiência de forma virtual.

Shirley foi presa na última segunda-feira (9), no município de Iaçu, a cerca de 280 km de Salvador. No mesmo dia, ela foi encaminhada para a Salvador, onde aguardava a audiência. 

A viúva é suspeita de envolvimento na morte do marido, mas foi detida por descumprir as medidas de prisão domiciliar. Shirley já havia sido condenada a nove anos de detenção por participar de um crime de extorsão mediante sequestro em 2001. Ela estava em prisão domiciliar, mas fugiu após a morte do empresário em fevereiro deste ano.

Viúva de dono da Pousada Paraíso Perdido tem prisão temporária mantida pela Justiça - Metro 1