Domingo, 03 de julho de 2022

Cidade

PM nega operação em Cajazeiras e diz que mensagem nas redes sociais é "inverídica" e quer "causar pânico"

Publicação pede que os moradores sejam liberados mais cedo dos trabalhos porque "Cajazeiras vai pegar fogo"

PM nega operação em Cajazeiras e diz que mensagem nas redes sociais é "inverídica" e quer "causar pânico"

Foto: Reprodução

Por: Metro1 no dia 26 de maio de 2022 às 18:27

Uma mensagem sobre a violência em Cajazeiras está sendo compartilhada pelos moradores do bairro nesta quinta-feira (26), com um alerta sobre uma suposta operação no Loteamento Santo Antônio. A mensagem pede que os moradores sejam liberados mais cedo dos trabalhos porque "Cajazeiras vai pegar fogo". A Polícia Militar da Bahia (PM-BA), no entanto, diz que não há informação sobre qualquer ação em curso na região.  

A publicação compartilhada nas redes sociais afirma ainda que o loteamento em Cajazeiras 11 "vai ficar fechado até a frente", da mesma forma que a rotatória também ficará fechada em operações. "Podem se preparar que a pista nova também será interditada", diz a mensagem. "Desde já espero a compreensão de vocês e não mandem nem as crianças para escola e nem ninguém na rua para não acontecer uma tragédia. Tomem cuidado e fiquem em casa".

Na última quarta-feira (25), o homem apontado como líder do tráfico de Cajazeiras 11 foi morto em troca de tiros com a polícia. “O acusado liderava dois pontos de drogas em Cajazeiras 11. Os outros envolvidos, que conseguiram fugir do local, seguem sendo procurados”, explicou o titular da 13ª Delegacia Territorial, delegado Marcos Laranjeiras. 

Procurada pelo Metro1, a PM afirmou que, de acordo com informações da 3ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), unidade responsável pelo policiamento na área, "está circulando uma mensagem inverídica nas redes sociais com o intuito de causar pânico na população".
 
"Informamos à comunidade de Cajazeiras e Águas Claras que não validem informações que não sejam obtidas pelos canais oficiais de comunicação da Polícia Militar ou das demais forças de segurança pública", conclui em nota. 

PM nega operação em Cajazeiras e diz que mensagem nas redes sociais é "inverídica" e quer "causar pânico" - Metro 1